Arquivo para a Tag ‘perguntas

Garrafa 210 – Vivendo as perguntas   Leave a comment

… seja paciente com tudo que não está resolvido em seu coração. Tente amar as próprias interrogações, como se fossem quartos trancados ou livros escritos num idioma estrangeiro. Não procure agora as respostas que não podem ser dadas, pois você não seria capaz de vivê-las. E o importante é viver tudo. Por enquanto, apenas viva as perguntas. Talvez então, pouco a pouco, sem mesmo perceber, você possa, em um dia distante, conviver com as respostas.

Rainer Maria Rilke, Carta a um jovem poeta, 1934
Foto de autor desconhecido

Garrafa 205 – Perguntas poderosas   Leave a comment

O que eu preciso SER?
Preciso ser eu mesmo.
Quem é esse?

O que eu preciso FAZER?
Preciso observar e questionar.
O quê, especificamente?

O que eu preciso TER?
Preciso ter entendimento.
O que é isso que eu ainda não entendo?

Michael Ray e Rochelle Myers
Ilustração de autor desconhecido

Garrafa 198 – A Investigação Apreciativa   1 comment

A Investigação Apreciativa (IA) é uma busca cooperativa, co-evolucionária pelo melhor nas pessoas, suas organizações e pelo mundo que as rodeia. Ela envolve a descoberta sistemática do que anima uma organização ou uma comunidade quando ela é mais eficiente e mais capaz em termos econômicos, ecológicos e humanos.
 
Em IA, a intervenção abre caminho para a investigação, imaginação  e inovação. Ao invés da negação, crítica e diagnóstico redundantes, acontecem a descoberta, sonho e planejamento. A IA envolve a arte e a prática de fazer perguntas invariavelmente positivas que fortaleçam a capacidade do sistema para assimilar, prever e ressaltar o potencial positivo. Através da invesigação mobilizada em massa, centenas e até milhares de pessoas podem estar envolvidas no planejamento conjunto do seu futuro coletivo.
 
A IA presume que toda organização e toda a comunidade possuem diversas fontes de positividade ocultas e ricas, o que as pessoas falam sobre as capacidades passadas, presentes e futuras, ou a essência positiva. A IA vincula o conhecimento e a energia de seu núcleo diretamente para a organização ou agenda de mudanças da comunidade, e as mudanças nunca imaginadas são súbita e democraticamente mobilizadas.
 
David L. Cooperrider e Diana Whitney
Foto de autor desconhecido
 

Publicado 26/04/2009 por Eduardo Leal em Crenças

Etiquetado com , , , ,

Garrafa 170 – A pergunta mais importante para a humanidade   2 comments

Acho que a questão mais importante para a humanidade hoje em dia é “Será o universo um lugar amistoso?”. Essa é a primeira e mais básica de todas as perguntas que as pessoas devem se fazer.

Porque, se decidirmos que o universo é um lugar ameaçador, então usaremos a nossa tecnologia, nossas descobertas científicas e nossos recursos naturais para criar segurança e poder, construindo altas muralhas para afastar a ameaça, e criar também grandes armas que destruirão tudo que é ameaçador – e eu acredito que estamos chegando a um ponto em que a tecnologia é suficientemente poderosa para nos possibilitar isolar completamente ou destruir a nós mesmos nesse processo.

Se decidirmos que o universo não é acolhedor nem ameaçador e que Deus está basicamente “jogando dados com o universo”, então somos simplesmente vítimas do processo aleatório de dados e nossas vidas não tem nenhum objetivo ou significado real.

Mas, se decidirmos que o universo é um lugar acolhedor, então usaremos toda a nossa tecnologia, nossas descobertas cientificas e recursos naturais para criar ferramentas e modelos que nos ajudarão a compreender esse universo. Porque o poder e a segurança virão pela compreensão dos seus mecanismos e motivos.

Albert Einstein
Foto de Autor desconhecido
Instruções de utilização: Ouvir “Can you anderstand” na Voz de Annie Haslam com Renaissance

Pergunta importante

%d blogueiros gostam disto: