Arquivo para a Tag ‘pássaro

Garrafa 40 – Às vezes   Leave a comment

Às vezes, quando algum pássaro chama
ou entre os ramos algum vento sopra
ou nalgum pátio longe ladra um cão,
por longo tempo eu escuto e me calo.

Minha alma voa para o passado,
para onde, há mil esquecidos anos,
o pássaro e o vento que soprava
mais pareciam meus irmãos e eu.

Minha alma faz-se uma árvore,
um animal, um tecido de nuvens…
Transfigurada e estranha, volta a mim
e me interroga. Que resposta lhe darei?

Hermann Hesse – Tradução de Geir Campos
Foto de autor desconhecido
Instruções de utilização: Ouvir “Sometimes” na voz de Karen Carpenter

Vento que passa

Anúncios

Garrafa 11 – Responsabilidade   Leave a comment

Diz um conto zen que, em um mosteiro, havia um discípulo que sempre desafiava o seu Mestre.

Certa vez, ocultando atrás de si um pássaro que carregava nas mãos, o discípulo parou desafiador diante do Mestre e perguntou:

– Mestre, aqui atrás de mim tenho um pássaro. Você, que sabe tudo, diga-me: Ele está vivo ou está morto? (assim, se o Mestre dissesse que o pássaro estava vivo, era só apertar a mão e matá-lo; se dissesse que estava morto, abriria suas mãos e o deixaria voar)

O mestre olhou nos olhos do discípulo com respeito e compaixão, respirou profundamente e, com muito amor, respondeu:

– Isso depende de você. A solução… está em suas mãos!

Fonte: Coaching – El Arte de Soplar Brasas – Leonardo Wolk
Ilustração de autor desconhecido
Instruções de utilização: Ouvir “Depende de nós” com Ivan Lins

Em suas mãos

 

%d blogueiros gostam disto: