Garrafa 520 – Em direção à noite   2 comments

Os belos dias de outono são sempre especiais pra mim. Junto com os dias de primavera, longe dos extremos de calor e frio mais intenso, são minha época preferida ao longo do ano.

Sou seduzido pela qualidade da luz que ilumina o céu com seu azul profundo e, filtrada pela copa das árvores, salpica a calçada e projeta minha sombra aqui e ali durante as caminhadas diárias.

Hoje à tarde, breves rajadas de vento sudoeste trouxeram ao quadrante de Universo em que me encontro algumas nuvens de algodão. Elas se destacam contra o azul intenso que parece se aprofundar cada vez mais rumo ao infinito do espaço.

Nuvens silenciosas acompanhadas de bandos de aves marinhas tagarelas não deixam rastros em seu caminho na direção oposta ao por do sol, rumo à noite que se avizinha. A sombra movente envolve silenciosamente meus pensamentos com sua capa cada vez mais escura.

Onde o azul? Agora, azul negro… Agora, negrume.

Pausa para outro breve haicai.

no fim da tarde,
em direção à noite,
aves marinhas.

Eduardo Leal
Foto de autor desconhecido

Aves marinhas

Anúncios

2 Respostas para “Garrafa 520 – Em direção à noite

Assinar os comentários com RSS.

  1. Na tarde de hoje, incluí no texto do post, que continha originalmente apenas o haicai, detalhes sobre o momento em que foi parido. Em uma bela tarde de outono, a chegada do escuro da noite.

    Curtir

  2. Na tarde de hoje, encontrei inspiração para incluir outro haicai oculto: Onde o azul? Agora, azul negro… Agora, negrume.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: