Garrafa 343 – Mudar mesmo assim!   Leave a comment

Da leitura recente de André Comte-Sponville, um trecho despertou minha atenção:

“Não duvido, senhorita, que você espere a justiça; eu também. Mas a verdadeira questão é ‘O que fazemos?’ Não se trata de não mudar nada, como você parece temer, mas ao contrário de aceitar tudo o que não depende de nós, e é preciso, para mudar tudo o que depende de nós. Como transformar o real sem aceitar primeiro enxergá-lo tal como é, conhecê-lo, compreendê-lo? Vocês conhecem a fórmula de Spinoza, no Tratado político: ‘Não escarnecer, não chorar, não detestar, mas compreender.’ O mundo é para pegar ou largar, e ninguém pode transformá-lo se antes não o pega.”

Refletindo a respeito, a inspiração para um breve haicai:

aceitar tudo…
que não depende de mim.
mudar mesmo assim!

Eduardo Leal – 02/07/2012
Inspirado no livro “A felicidade, desesperadamente” de André Comte-Sponville
Ilustração de autor desconhecido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: