Garrafa 101 – A Chave   1 comment

Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo.
Não posso abrir-lhe um mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma.
Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso e a chave.
Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo.
 
Hermann Hesse
 
Anúncios

Publicado 11/10/2007 por Eduardo Leal em Crenças

Uma resposta para “Garrafa 101 – A Chave

Assinar os comentários com RSS.

  1. achei que ninguem mais lançasse garrafas ao mar, mas vejo que ainda há um  poeta que o faz.
    Outro dia achei uma dassas garrafas por ai ou por aqui, não me lembro bem,  mas o que havia dentro éra belo,
    era uma profusão de encantos misturada a alma de algum poeta desconhecido por mim, e vagando, vagando, vagando…
     
     
     Marcos Souza.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: